Alexandre Dala

Alexandre Dala desabafa por falta de oportunidade na TV Angolana após anos fora dos ecrãs

O antigo rosto do canal dois da Televisão Pública de Angola (TPA), Alexandre Dala, usou das suas redes sociais, nesta quarta-feira (05), para desabafar, aparentemente, pela falta de oportunidades para si que tem registado na TV Angolana, após longos anos fora dos ecrãs.

Conhecido pelo seu carisma e profissionalismo que encantava os telespectadores nos programas em que passou: Flash e Motores, Dala é considerado por muitos como um dos melhores apresentadores que Angola já teve. Após estar desvinculado da TPA, dele pouco se soube e nem por onde andava.

No longo texto escrito em estrofes de um poema, Dala lamenta o facto de se ver esquecido como profissional de comunicação, mesmo com o surgimento de novos meios de comunicação social no cenário angolano.

“Sou angolano, tratado como se não fosse dessa terra, sem eira nem beira, um profissional que desespera do reflexo de uma carreira que se enterra”, começou por escrever.

Adiante, Dala falou que depois da TPA, o despejo falou alto, “rejeitado e afastado, procurando no planalto de salto em salto sobre escadas e algum biscate e trocado”, desabafou.

Ao terminar, Dala admitiu sentir-se humilhado e desprezado na terra que o viu nascer e crescer. “É um desabafo sobre tudo e pouco se vê mais uma TV mas o teu CV fala menos do que é, vou continuar estrangeiro na pátria que me viu nascer, é tudo o que me resta para não enlouquecer”, culminou.


Comentar Como:

Comentar (0)